Show simple item record

dc.contributor.authorPortugal, Thales Baggio, 1989-pt_BR
dc.contributor.otherMonteiro, Alda Lucia Gomespt_BR
dc.contributor.otherMoraes, Anibal de, 1956-pt_BR
dc.contributor.otherCarvalho, Paulo Cesar de Facciopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Agronomiapt_BR
dc.date.accessioned2019-03-14T17:28:52Z
dc.date.available2019-03-14T17:28:52Z
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/59113
dc.descriptionOrientadora: Profa. Dra. Alda Lúcia Gomes Monteiropt_BR
dc.descriptionCoorientadores: Prof. Dr. Anibal de Moraes, Prof. Dr. Paulo César de Faccio Carvalhopt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Agronomia. Defesa : Curitiba, 29/02/2016pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Produção vegetalpt_BR
dc.description.abstractResumo: O manejo dos animais em pastagem é uma forma de alcançar a máxima produtividade. Alocar o bocado do animal em estruturas da pastagem que favoreçam a máxima taxa de ingestão é um exemplo de como buscar tal aproveitamento. Eis que surgiu o pastoreio "Rotatínuo" (RN), sistema baseado no comportamento ingestivo, cuja estrutura da pastagem apresentada aos animais possibilita um melhor aproveitamento ingestivo, ao mesmo tempo em que o animal consegue selecionar mais comodamente aquilo que quer ingerir. Com objetivo de comparar o pastoreio RN ao pastoreio Rotativo Clássico (RT) comumente utilizado em propriedades rurais, avaliando os componentes vegetais e animais, conduziu-se um experimento em Eldorado do Sul, RS, Brasil, onde foram contrastadas as duas estratégias de manejo em pastos de sorgo forrageiro (Sorghum bicolor (L.) Moench x Sorghum sudanense (Piper) Stapf) pastejados por bovinos. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso com dois tratamentos e quatro repetições, totalizando oito unidades experimentais. No primeiro tratamento foi utilizado o pastoreio Rotatínuo, onde as alturas de manejo foram de 50 cm no pré-pastejo e 30 cm no pós-pastejo, alturas essas definidas objetivando maximizar a taxa de ingestão. No segundo tratamento foi utilizado o pastoreio Rotativo, com altura de manejo pré-pastejo de 80 cm e pós-pastejo de 20 cm. Foram utilizados 16 animais da raça Brangus com aproximadamente 15 ± 02 meses de idade e peso vivo médio de 290,84± 22,51 kg. Como resultados, o RN resultou em intervalos de pastejo mais curtos do que o RT (p<0,0001) que aconteceram em maior frequência (p<0,0001). A maior quantidade massa de lâminas foliares no tratamento RN (p<0,0001) possibilitou maior interceptação luminosa pela planta no pós-pastejo (p<0,0001) resultando em maior produção de forragem total no método RN (9.548 kg MS ha-1) comparado ao RT (5.613 kg MS ha-1). Maior oferta de lâminas foliares foi observada para o RN comparado ao RT, gerando maiores ganhos médios diários por animal (0,892 kg e 0,732 kg para RN e RT, respectivamente). Embora a carga animal tenha sido maior no RT (p<0,0001), não houve diferença estatística no ganho de peso vivo ha-1 dia-1. Conclui-se que as metas de manejo do pasto de sorgo forrageiro do método RN, resultam em melhor desempenho por animal e maior produção de forragem. Entretanto, o pastoreio RT proporcionou maior carga animal e maior taxa de lotação. Palavras-chave: altura do pasto, lotação intermitente, produção animal, sorghum bicolor, manejo de pastagem, taxa de ingestão.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Handling animals on pasture is a way to achieve the maximum animal yield. Allocate the animal bit on grazing structures that favor its maximum intake rate is one example to seek such benefit. In this rationale emerged the "Rotatinuous" stocking method (RN), based on the animals feeding behavior and the sward structure that enable a better ingestive use, which at same time enable animals to select more comfortably what they want to eat. In order to compare the RN to the rotative stocking method (RT), which is the most common used by farmers, an experiment was conducted in Eldorado do Sul, RS, Brazil to contrast the two management strategies in a sorghum pasture (Sorghum bicolor (L.) Moench x Sorghum sudanense (Piper) Stapf) grazed by cattle, assessing both the plant and animal components. The experiment was a randomized block design with two treatments and four repetitions, totaling eight experimental units. The first treatment was the (RN), where the pre-grazing height was targeted to 50 cm and the post-grazing height to 30 cm, those defined aiming to maximize animal intake. As the second treatment, the rotational stocking method (RT) used pre-grazing height of 80 cm and 20 cm as post-grazing height. Sixteen animals of the Brangus breed with age of approximately 15 ± 02 months and averaged weight of 290.84 ± 22.51 kg were used. The RN resulted in shorter interval of grazing than RT (p <0.0001), but they occurred in higher frequencies (p <0.0001). More leaf blades verified in the post-grazing RN treatment (p <0.0001) allowed a greater light interception by plants (p <0.0001), resulting in higher total forage produced (9548 kg DM ha-1) when compared to RT (5613 kg DM ha-1). Greater leaf blade supply by RN compared to RT promoted higher averaged daily gain per animal (0.892 kg and 0.732 kg for RN and RT, respectively). Although the stocking rate was higher in RT (p <0.0001), there was no statistical difference in the liveweight gain ha -1 day -1. We conclude that the sorghum pasture managed with RN resulted in a better animal performance and more forage production. However, RT promoted higher liveweight rate and higher stocking rate. Keywords: pasture height, intermittent stocking, animal production, sorghum bicolor, pasture management, ingestion rate.pt_BR
dc.format.extent79 p. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectPastagens - Manejopt_BR
dc.subjectAgronomiapt_BR
dc.subjectBovinopt_BR
dc.subjectSorgopt_BR
dc.subjectPlantaspt_BR
dc.subjectProduçao animalpt_BR
dc.titleEstratégias de manejo de híbrido de sorgo forrageiro (Sorghum bicolor (L.) Moench x Sorghum sudanese (Piper) Stapf) em pastoreio rotativopt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record