Show simple item record

dc.contributor.advisorPerez Gil, Laura, 1973-pt_BR
dc.contributor.authorSpenassatto, Josiéli Andréapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Antropologiapt_BR
dc.date.accessioned2020-05-08T21:13:20Z
dc.date.available2020-05-08T21:13:20Z
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/52652
dc.descriptionOrientadora: Profª. Drª. Laura Pérez Gilpt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social. Defesa: Curitiba, 15/12/2016pt_BR
dc.descriptionInclui referências : f. 200-203pt_BR
dc.description.abstractResumo: Esta dissertação deriva da etnografia dos povos Guarani, Kaingang e Xetá, habitantes de uma mesma Terra Indígena nomeada São Jerônimo na bacia do Rio Tibagi. Ela se detém sobretudo em uma investigação acerca das dinâmicas de interação entre os seus moradores, principalmente sob o aspecto do parentesco e da política. A primeira parte trata dos processos intensos de transformação socioterriotorial destes povos, em especial na região do Tibagi. Em seguida trata-se das relações de parentesco atuais, e das maneiras como estes grupos se adaptaram ou reagiram às mudanças drásticas provocadas por esses processos históricos, tendo como parâmetro as regras tradicionais de casamento. A compreensão dos conceitos de mistura e de lados são o foco da última parte, que versa sobre as tensões entre práticas de parentesco feitas no convívio (associadas à primeira noção), e as práticas políticas que buscam ordenar e categorizar de forma mais objetiva (associadas à última noção). Palavras-chave: casamento; parentesco; mistura; política; lados.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This dissertation derives from the ethnography of the Guarani, Kaingang and Xetá peoples, inhabitants of the same Indigenous Land named St. Jerome in the Tibagi River basin. It focuses mainly on an investigation of the dynamics of interaction between its residents, mainly in the aspect of kinship and politics. The first part deals with the intense processes of socio-territorial transformation of these peoples, especially in the Tibagi region. Next, we discuss current kinship relationships and the ways in which these groups have adapted or reacted to the drastic changes brought about by these historical processes, based on the traditional rules to marriage. The understanding of the concepts of mixing and sides are the focus of the latter part, which deals with the tensions between kinship practices made in the living (associated with the first notion), and the political practices that seek to order and categorize more objectively, (associated with the last notion). Keywords: marriage; kinship; mixture; politics; sides.pt_BR
dc.format.extent203 f. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectAntropologiapt_BR
dc.subjectPolítica - Antropologia socialpt_BR
dc.subjectParentesco - Estudos interculturaispt_BR
dc.subjectÍndios - Aspectos sociais - Paranápt_BR
dc.titleOs lados da mistura : desafios da coabitação e dos intercasamentos na Terra Indígena São Jerônimo (PR, Brasil)pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record