Show simple item record

dc.contributor.authorMarques, Claudio Portilhopt_BR
dc.contributor.otherCoelho, Ricardo Weigert, 1952-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Educação Físicapt_BR
dc.date.accessioned2014-10-07T15:47:14Z
dc.date.available2014-10-07T15:47:14Z
dc.date.issued2014pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/35733
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Ricardo Weigert Coelhopt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Educação Física. Defesa: Curitiba, 28/03/2014pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Exercício e esportept_BR
dc.description.abstractResumo: O período pré-vestibular parece levar os estudantes a uma prova de autoafirmação social, intelectual e emocional. A sobrecarga de estudos, as mudanças corporais e hormonais frutos da adolescência são fatores que podem levar os indivíduos a instabilidade do comportamento e atingir estágios críticos de estresse. Objetivo: Investigar o estado de estresse e os hábitos de vida de estudantes pré-vestibulandos. Considerar as variáveis sexo, nível de atividade física e hábitos de vida: consumo de tabaco, consumo de álcool e alimentação. Métodos: A amostra foi intencional composta por estudantes, na faixa etária entre 16 e 19 anos, média 16,89, d.p. 0,62, que estivessem frequentando o terceiro ano do ensino médio e um cursinho pré-vestibular, de três colégios da rede privada de ensino, do Município de Curitiba-Paraná, com infraestrutura, localização e mensalidades escolares similares. A amostra final foi composta por 68 estudantes, 36 do sexo masculino e 32 do sexo feminino. Os sintomas de estresse foram avaliados pelo Inventário dos Sintomas de Stress de Lipp (ISSL). A prática de atividade física foi avaliada pelo Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ-versão curta). Comportamentos de tabagismo, etilismo e hábitos alimentares foram verificados com o Questionário de Comportamento de Risco para Jovens (YRBS-C). Na avaliação fisiológica de estresse considerou-se as concentrações do cortisol salivar e capilar. A análise estatística foi realizada com auxílio do programa Excel versão Windows 7 e do programa "R" do sistema Linux. A normalidade dos dados foi verificada com a utilização do teste de Shapiro Wilk. Para as variáveis não paramétricas utilizou-se os testes de Wilcoxon e Fisher. Para as variáveis com comportamento normal utilizou-se o Teste"t". Resultados: Nos sintomas de estresse o grupo do sexo feminino apresentou-se significativamente mais estressado que o masculino, assim como, o grupo insuficientemente ativo apresentou-se mais estressado que o grupo ativo. Para as concentrações de cortisol salivar, não foram encontradas diferenças significativas, tanto ao acordar como 30 minutos depois. Nas concentrações de cortisol capilar, nenhuma das comparações foram significativas. Com relação as associações dos hábitos de vida com o estresse, nenhuma das variáveis foram significativas. Não houve correlação entre os sintomas de estresse e as concentrações de cortisol salivar e capilar. Na identificação dos hábitos de vida, verificou-se baixo consumo de tabaco, média frequência e baixa quantidade no consumo de bebidas alcóolicas. No quesito alimentação, a grande maioria dos sujeitos coloca em prática uma dieta equilibrada, ainda que não haja o consumo diário de alimentos saudáveis, como frutas e verduras. Conclusão: Este estudo apresenta resultados importantes que afetam o estresse dos estudantes pré-vestibulandos. No tocante aos sintomas de estresse, as diferenças foram significativas para as variáveis sexo e atividade física, resultados que vão de encontro a outros estudos da literatura. A maioria dos estudantes encontrava-se na fase de resistência e com estresse psicológico. Como diferencial de outros estudos, o grupo masculino apresentou-se mais estressado, possivelmente, pela questão cultural. Na avaliação fisiológica, salivar e capilar, não foram encontradas diferenças significativas para as variáveis sexo e atividade física. A associação entre estresse e hábitos de vida saudáveis e não saudáveis não foi confirmada, muito embora, o grupo estudado tenha apresentado baixo consumo de tabaco e hábito alimentar saudável, porém, não regular. Palavras-chave: Estresse. Estudantes. Hábitos de vida.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The period before the admission exam for university seems to lead students to a proof of social, intellectual and emotional self-affirmation. The overload of studying and also the bodily and hormonal changes, caused by adolescence, are factors that may lead individuals to have an unstable behavior and to achieve critical stages of stress. Objective: To investigate the condition of stress and lifestyle of students of preparatory courses to pass the university entrance exams. To consider the variables: sex, level of physical activity and lifestyle (smoking, alcohol consumption and feeding). Methods: Intentionally, the sample consisted of students, aged between 16 and 19 years, mean 16.89, d.p. 0.62, who were attending the third year of high school and a preparatory course for admission in college. The students selected were from three private schools of the city of Curitiba - Paraná, with similar infrastructure, location and monthly payment. The final sample consisted of 68 students - 36 male and 32 female. Symptoms of stress were evaluated by the Inventory of Stress Symptoms of Lipp (ISSL). Physical activity practice was assessed by International Physical Activity Questionnaire (IPAQ - short version). Habits of smoking, alcohol and eating were checked with the Youth Risk Behavior Surveillance (YRBS-C). In the physiological evaluation of stress, it was considered the concentration of salivary and capillary cortisol. The statistical analysis was performed using Windows 7 Excel software and "R" program of Linux system. Data normality was verified using Shapiro Wilk test. For nonparametric variables it was used the Wilcoxon and Fisher tests. For variables with normal behavior, it was used the "t" Test. Results: There were significant differences in symptoms of stress between stressed and non-stressed group. The female was significantly more stressed than male, as well as the insufficiently active group showed up more stress than the active group. About the concentration of salivary cortisol, the only significant difference happened between collections on waking and 30 minutes later. In the capillary cortisol concentration, none of the comparisons were significant. With regard to the associations of lifestyle and stress, none of the variables were significant. In identifying the lifestyle, it was found low consumption of tobacco, if compared to other studies in the bibliography. Although, there has been alcohol consumption, studies involving adolescent students showed different results, procedures and instruments used, which did not allow a generalization of the results in relation to alcohol consumption in this population. On the issue of food, it seems that the majority of individuals puts into practice a balanced diet, although there is no daily consumption of healthy foods such as fruits and vegetables. Conclusion: This study presents important results that affect the stress of students who are studying for admission exams for university. Regarding the symptoms of stress, the differences were significant for gender and physical activity, results that are in agreement with other studies in the literature. Most students were on the stage of resistance and psychological stress. Differently of other studies, the male group showed up more stressed, possibly by cultural issue. In physiological evaluation, saliva and hair, no significant differences were found for sex and physical activity. The association between stress and healthy / unhealthy lifestyle habits was not confirmed, although the study group has shown healthy eating habits and low consumption of tobacco, which was not regular. Key words: Stress. Students. Lifestyle.pt_BR
dc.format.extent88p. : tabs., algumas color.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectEstresse ( Psicologia)pt_BR
dc.subjectAtividade físicapt_BR
dc.subjectVestibulandos - Stress (Psicologia)pt_BR
dc.subjectVestibulandospt_BR
dc.subjectEducação Físicapt_BR
dc.titleEstresse, comportamento de risco e atividade física de estudantes pré vetibulandospt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record