Show simple item record

dc.contributor.advisorBiasi, Luiz Antonio, 1957-pt_BR
dc.contributor.otherCuquel, Francine Lorena, 1964-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Agronomia - Produção Vegetalpt_BR
dc.creatorDronk, Alessandro Garrettpt_BR
dc.date.accessioned2022-11-16T13:47:15Z
dc.date.available2022-11-16T13:47:15Z
dc.date.issued2004pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/29896
dc.descriptionOrientador: Luiz Antonio Biasipt_BR
dc.descriptionCo-orientadora: Francine Lorena Cuquelpt_BR
dc.descriptionDissertaçao (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciencias Agrárias, Programa de Pós-Graduaçao em Agronomia. Defesa: Curitiba, 2004pt_BR
dc.descriptionInclui bibliografiapt_BR
dc.descriptionÁrea de concentraçao: Produçao vegetalpt_BR
dc.description.abstractResumo: Cattleya amethystoglossa Linden & Rchb.f. é uma orquídea com abundante florescimento, grande beleza, e de valor ornamental. A propagação via sementes de orquídeas in vitro é mais eficiente que a propagação ex vitro. A propagação in vitro permite produzir plantas sem doenças em larga escala e durante o ano todo. Diversos meios de cultura são utilizados na semeadura de orquídeas. Devido ao alto custo e dificuldade de obter alguns componentes do meio de cultura como nitrato de amônia e nitrato de potássio, meios de cultura alternativos podem ser tão eficientes e ter menor custo que os meios tradicionais. O objetivo deste experimento foi comparar o meio Dronk, um meio que contém banana e água de coco, com os meios MS e Knudson C. O meio Dronk foi mais eficiente e de menor custo que os demais. Outro experimento foi implantado no meio MS para avaliar intensidades luminosas na produção de Cattleya amethystoglossa Linden & Rchb.f.. As intensidades luminosas testadas foram 10,8 µmol.m-² .s-¹ , 24,3 µmol.m-² .s-¹ e 27 µmol.m-² .s-¹. O melhor resultado obtido foi com 10,8 µmoI.m-² .s-¹.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Cattleya amelhysloglos.su Linden & Rchb.f. is an orchid with abundant bloom, great beauty, and high ornamental value. In vitro orchid propagation by seeds is more efficient than ex vitro seed propagation. It allows producing plants without diseases infection, large scale, and during the whole year. Several culture media have been employed to sown orchid seeds. Due to the high costs and difficulties to obtain some culture media components, such as ammonia-nitrate and potassium nitrate, alternative medias might be as efficient and have lower costs than the traditional media. The goal of this experiment was to compare Dronk media, a media containing banana and coconut water, with MS and Knudson C medias. Dronk media was more efficient and showed lower cost than MS and Knudson C media. Another experiment was set up in MS media to evaluate light intensities to produce Cattleya amethystoglossa Linden & Rchb.f. Light intensities evaluated were 10,8 µmol.m-² .s-¹ , 24,3 µmol.m-² .s-¹ and 27 µmol.m-² .s-¹ Better results were obtained with 10,8 µmoI.m-² .s-¹.pt_BR
dc.format.extent33f. : il color., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectOrquidea - Propagação in vitropt_BR
dc.subjectOrquídea - Semente - Propagaçãopt_BR
dc.subjectPlantas ornamentaispt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleMeios de cultura e condiçoes de luminosidade para cultivo in vitro de Cattleya amethystoglossa Linden & Rchb.f.pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record